domingo, 19 de julho de 2009

Espontaneidade


ESPONTANEIDADE



A palavra espontâneo refere-se a tudo o que é natural, não comandado, nem controlado artificialmente. Este é nosso estado primordial, aquele com o qual chegamos ao mundo.
Mas, na medida em que nos desenvolvemos, torna-se necessário que nos adaptemos à realidade exterior. Então, vamos deixando para trás nossa espontaneidade original para poder corresponder ao que esperam de nós. Afinal, esta é a única maneira de sermos aceitos e integrados à vida em sociedade.

Entretanto, se não estivermos conscientes, este processo pode se tornar tão fortemente arraigado, que acabamos por esquecer totalmente de nossa essência. Assumimos de tal modo esta personalidade social, -necessária para transitarmos com sucesso no mundo- que acabamos por sufocar e manter reprimida nossa verdadeira identidade.

Muitas pessoas não conseguem distinguir em si, quais os anseios que brotam de seu próprio coração, daqueles que lhes foram impostos como sendo os mais adequados, promissores, vantajosos.
Sofrem, angustiam-se e sentem uma grande dificuldade em se adequar ou corresponder às expectativas alheias, por não perceberem que o importante é redescobrir a sua própria verdade, aquilo de que necessitam para serem verdadeiramente felizes.

A espontaneidade, que consiste em reagir aos acontecimentos seguindo a nossa própria natureza, e não a um padrão de reação pré-determinado, é a principal qualidade que precisamos resgatar, se quisermos alcançar um estado de alegria, serenidade e paz.

Uma das situações mais delicadas sobre o caminho do buscador: conhecer sempre se torna conhecimento... Conhecer é um processo. Conhecimento é uma conclusão. Quando o conhecer morre, torna-se conhecimento. E se você segue colecionando este conhecimento, então conhecer se tornará mais e mais difícil.

.Então, você carrega seu conhecimento ao redor de você. Uma pessoa culta está quase escondida atrás de seu conhecimento. Ela perde toda a claridade, toda percepção. O mundo torna-se distante; a realidade perde toda a transparência.

A pessoa culta está sempre olhando através do seu conhecimento. Ela projeta seu conhecimento. Seu conhecimento colore tudo – agora não há a mais remota possibilidade de conhecer. Lembre-se: conhecimento não é obtido somente através das escrituras-também é adquirido, e mais ainda, através da sua própria experiência.

E Jesus disse: Somente aqueles que são como crianças, estarão prontos para entrar no meu Reino de Deus – somente aqueles que são como crianças, somente aqueles que ainda são capazes de maravilhar-se. Maravilhar-se é o grande tesouro da vida. Uma vez que você perca a capacidade de maravilhar-se, você terá perdido sua vida – então você se arrasta...

Este é um dos mais difíceis problemas que a mente moderna está enfrentando, porque o conhecimento tem se acumulado mais e mais a cada dia... Então, lembre-se de permanecer capaz de maravilhar-se como uma criança.

Se você quer ser religioso, então, crie mais mistérios, descubra mais mistérios. Permita que seus olhos sejam mais preenchidos por maravilhas do que por qualquer outra coisa. Seja surpreendido por tudo que está acontecendo.

Tudo é tão tremendamente maravilhoso que é simplesmente inacreditável como você segue vivendo sem dançar, como você segue vivendo sem tornar-se extasiado. Você não deve ter visto o que está acontecendo ao redor.

Apenas ser é tão miraculoso, apenas respirar é tão miraculoso. Apenas respirar e apenas ser – nada mais é necessário para uma pessoa religiosa. Estar preenchido pelo mistério. E quando alguém está preenchido pelo mistério, o louvor desperta, e o louvor é uma prece. Quando você vê esta maravilhosa existência, você começa a louvá-la.

Um homem pleno de consciência é imprevisível... Ele se move momento a momento, pleno de mistério. Ele age a partir do mistério; ele age a partir da resposta para o momento. Ele não carrega conhecimento. A cada momento ele é novo, renascido.

E nunca permita que seu conhecimento controle você e crie um caráter para você. Um caráter é uma armadura... Na armadura, você está encarcerado… então, você nunca pode ser espontâneo. Você já está no seu túmulo – um caráter é um túmulo.

Mova-se pra a frente! Novamente como uma criança. É difícil, eu sei. É fácil dizer, difícil ser deste modo – mas este é o único modo de alcançar satchitanand – você pode alcançar a verdade, você pode alcançar a consciência, você pode alcançar a felicidade.

Não permita que o conhecer se torne conhecimento e caráter. Então, um tipo totalmente diferente de caráter crescerá, o qual não será como o caráter que você tem visto no mundo. Ele será interior – uma disciplina virá do mais íntimo do seu coração. Nunca forçada– sempre espontânea. Não é como um comando: é um crescimento orgânico. Deus é o seu crescimento orgânico espontâneo.


Osho – A Sudden Clash of Thunder

Um comentário:

Veet disse...

Muito bom o texto do osho, e é isso mesmo, abra o coração para a vida e diga sim, faça e opte pelo que faz o coração vibrar, e alem do conhecimento execedido o apago também é armadura.....Observe as pessoas ao seu redor, se elas realmente querem o mesmo que voce, isso tb é armadura....Diga sim a vida......aproveite as oportunidades, pois um dia elas podem acabar....